A importância de um sistema de aterramento

Saiba mais sobre A importância de um sistema de aterramento

Quando se trata de instalações elétricas, a segurança não pode ser negligenciada. É importante garantir que os usuários dos equipamentos não sofram qualquer acidente causado pelas consequências de uma instalação malfeita.

Relés, fusíveis ou disjuntores – componentes de circuitos elétricos -, exercem a função de proteger o patrimônio (equipamentos, máquinas e o ambiente como um todo), bem como as pessoas. Eles evitam que os bens materiais e humanos sofram os efeitos de um choque elétrico e também os condutores – fios e cabos, que sofrem alterações em caso de curto circuito, causando incêndios com graves proporções.

Para que essas situações sejam prevenidas de forma eficiente e eficaz, existem os sistemas de aterramento. Eles são utilizados para evitar desiquilíbrios na tensão elétrica de uma instalação – independentemente de sua natureza.

Esses sistemas eliminam as fugas de energia, que desestabilizam as fases na rede externa, e previnem contra o choque elétrico através do contato humano com a carcaça dos equipamentos com falha no isolamento.

Os aterramentos são regulamentados pela NBR 5410, e uma de suas determinações para o bom funcionamento do sistema é que o condutor de proteção seja identificado pelas cores verde e amarela, a fim de manter o padrão da norma técnica da ABNT.

Os sistemas de aterramento

Sabe as tomadas nas quais podemos plugar nossos eletrodomésticos? Elas são chamadas de tomadas de força, e possuem uma terceira entrada que corresponde ao condutor de proteção, cujo potencial é zero Volts.

Existem dois tipos de condutores, o terra (PE) e o neutro (N), e cada qual possui características bastante específicas. Por esse motivo, é importante não confundir os dois.

Terra – uma espécie de condutor baseado em haste metálica pelo qual não circula corrente em condições normais de funcionamento da instalação.

Neutro – fornecido pela concessionária junto com o condutor de fase, serve como retorno para a corrente que percorre a instalação, na qual nem sempre o potencial verificado equivale a zero – a menos que ocorra equilíbrio entre as fases da rede elétrica.

Neutro – Fornecido pela concessionária junto com o condutor fase, serve como retorno para a corrente que percorre a instalação, aonde nem sempre o potencial verificado equivale a zero (a menos que ocorra equilíbrio entre as fases da rede elétrica).

De acordo com a NBR 5410, existem três tipos de aterramento:

TN-S – Um transformador com o secundário ligado em Y e aterrado na entrada. A carcaça do equipamento é ligada com outro condutor até o terra; este condutor recebe o nome de PE.

TN-C – O neutro e o aterramento da carcaça seguem por um mesmo condutor até o terra. Este condutor é identificado como PEN, e não é muito recomendado devido ao aterramento da carcaça.

TT – É o mais eficiente, sendo o mais indicado por ter o neutro aterrado na entrada e a carcaça do equipamento ligada em um terra individual.

O objetivo e os benefícios dos aterramentos

Os aterramentos possuem três principais objetivos:

1º proteger as pessoas e o patrimônio de falhas elétricas na instalação (curto-circuitos). Em outras palavras, se uma das três fases do sistema não aterrado entrar em contato com a terra, intencionalmente ou não, nada acontece. Nenhum disjuntor desliga o circuito e nenhum equipamento para de funcionar.

2º oferecer um caminho seguro, controlado e de baixa impedância em direção à terra para as correntes induzidas por descargas atmosféricas (raios).

3º equipamentos ou componentes elétricos utilizados em uma instalação elétrica não devem dar choques elétricos. Se isso acontecer é porque provavelmente há um defeito. Se este defeito estiver na isolação de um aparelho ou equipamento, eles deverão ser consertados imediatamente.

Os aterramentos oferecem muitos benefícios aos usuários e patrimônios, aumentando a segurança das instalações elétricas, facilitando o funcionamento dos dispositivos de proteção das máquinas, equipamentos, eletrônicos e eletrodomésticos, evitando curtos-circuitos e possíveis acidentes.

Solicite um orçamento para instalação de sistema de aterramento agora mesmo, clique aqui.

Entre em contato e solicite uma proposta sem compromisso.

Solicitar contato